terça-feira, 18 de outubro de 2016

Suspiro profundo


Se eu fechar os olhos
Eu posso até sentir seu cheiro
Sensação boa
Um suspiro leve
Lembrança boa

Quando me distraio
Sou transportada...
Mundo encantado? Conto de fadas?
Nam, realidade pura
Felicidade verdadeira;
Princesa com TPM braba
Príncipe cabeça dura
Quem disse que é preciso ser perfeito?
Basta ser verdadeiro
E é.

Vislumbro futuro
Com precisão de detalhes
Daqui, do presente,
Sorrio de leve,
Suspiro profundo...

Porque é bom.

(Foto: Amanda Mariane Fotografias)

Flor solitária


No jardim de uma só flor
Rainha ela é
Majestade e esplendor
Ela não é presa a um vaso
Está em meio ao gramado
Mas em um canto que é só seu

Quando neblina
Suas pétalas sensíveis,
Parecem chorar
Mas estão lavando a alma
Alma de uma flor solitária
Que sozinha usa as gotículas
Como desculpas para só chorar
E aliviar a dor que surgem em dias
Em que se sente tão só

Mas quando o sol aparece
Cedinho de mansinho
A convida pra dançar
Delicadamente,
Só sacode as folhas
Deixa o vento sereno, conduzir o compasso da dança,
E de mansinho, seu caule guiar
Ao som melodioso de um, só, passarinho

E só precisou de um instante
Para descobrir, radiante
Sob os raios do sol:
Solidão, não é está só, somente.
Ela estava contente

A flor única,
Em um jardim,
Assim tão só
 É linda


(Imagem retirada da internet. Fonte:https://www.flickr.com/photos/25010119@N05/5135895199)