terça-feira, 4 de novembro de 2014

Adeus



Vidro quebrado,
Mágoa sem perdão,
...
Traição...

(des)confiança,
(des)amor,
Tempo pedido,
...
Solução?!

#partiu

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

(re)conhecer



Quando,
por algum motivo,
Esquecer-se
Do que és...
Mergulha de cabeça
Na sua essência,
Esquece o mundo
Entra em mudo
Apaga as luzes,
Esvazia-se,
Dessa amnésia interior;

"Reconhece a ti mesmo!"

E o que for parte essencial sua,
Florescerá... ‹3

(Sandrinha Ramos)

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Passarinho


"Passarim quis pousar, não deu, voou..."♪♫ (Tom Jobim)




Local: Ponte Presidente Dutra que cruza o Rio São Francisco e liga Juazeiro (BA) à Petrolina (PE)
Foto: Sandrinha Ramos

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Traço




-Eu conheço cada traço do seu rosto,
Cada curva do seu corpo,
Cada cicatriz de infância...

-Eu entendo todas as feições do seu rosto
conheço a linguagem do seu olhar
Posso até interpretar teu silencio...

-Eu sei decifrar o timbre da sua voz,
Sei medir a intensidade da raiva e da alegria,
Só de ouvir aquele: bom dia!

-E se um artista resolvesse  transformar em tela
A delicadeza do seu sorriso,
Eu reconheceria em meio ao fundo branco,
você, 
ainda  no primeiro risco.

Sandrinha Ramos















quarta-feira, 19 de março de 2014

convencendo-me


Calma moça,
Fecha os olhos pro mundo...
Deixa,
Ele (sabe) girar sozinho;
Evita pensar,
Isso não te pertence,
Controla o compasso desse coraçãozinho



Engole esse nó dá garganta,
Eu sei moça,
Essa impotência diante do mundo, revolta
Engole a seco
Não é culpa sua
Que és uma sonhadora
Estas cansada de ouvir

Deixa pra lá, moça
Seu pensamento está superlotado.
Chega de buscar soluções (sozinha)
O dia está (quase) raiando
Ficaste, mais uma vez sem dormir...

Uma ‘coisa’ por vez, moça
Estás longe de ser ‘deus’,
super heroína ou coisas assim
Não permanece inquieta, essa menina...
Faz o que te cabe,
E antes que tudo acabe
Descansarás em paz.

-Convencendo-me!



(Sandrinha Ramos)

segunda-feira, 17 de março de 2014

...




Era bonito com fim de tarde...
e por que "era",
nostálgico 'fim, dou'
Enfim, fim.
...
Mas nem todo findar é eterno;
'fim dou' assim, como o dia,
Amanhã...
...renasço.

domingo, 2 de fevereiro de 2014

02 de fevereiro de 2014

♪♫ Ela mora no mar
Ela brinca na areia
No balanço das ondas
A paz ela semeia ♪♫





-Odoiá Iemanjá.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Fotografia é a poesia vista de um ângulo particular.





quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Feliz 2014


Renovo agora a coragem, a esperança, as metas... 
Deixo para trás o que se foi com a ultima folha do 13,
E comprometo-me a fazer/ser diferente quando necessário for 
A fim de garantir a novidade do 14...
Afinal de que adianta um ano novo revestido de velharias?!

A nostalgia da despedida é inevitável:
  - Adeus velho amigo, 13,  lembrarei-me com carinho...
A ansiedade,  que causa o novo, também é:
 - Venha querido 14 sem preocupar-se com o exagero das cobranças externas.

Sandrinha Ramos